segunda-feira, 5 de março de 2012

Museu do Holocausto!!!

 Ontem fui com o More no Museu do Holocausto em Curitiba!!!


 Na cidade de Curitiba fica o único museu do holocausto do Brasil e desde o dia 12/02/2012 ele está aberto para a visitação do público. Para ir a esse Museu é necessário fazer um agendamento prévio por e-mail (nesse e-mail vc precisa colocar quantas pessoas irão visitar o museu, qual a data desejada e se vc quer uma visita guiada ou não), que posteriormente é respondido pela equipe do Museu solicitando mais algumas informações pessoais dos visitantes e por último eles enviam o e-mail de confirmação!!! 




 Nesse e-mail de confirmação vem o endereço do Museu, a data e o horário da visita e tb uma lista do que pode e o que não pode ser feito no Museu. Algumas das regras são:

* É proibido fotografar ou filmar na área interna ou externa do Museu, mesmo sem o uso de flash ou com aparelhos de telefone celular;

* Visitas ao Museu por crianças com idade inferior a 12 anos não são recomendadas;

* A acessibilidade de pessoas com deficiência está garantida no Museu, sendo importante a comunicação no momento do agendamento;

* Mochilas e bolsas não são permitidas no espaço do Museu. Os visitantes são convidados a armazenarem seus pertences nas áreas dedicadas a este fim, sem responsabilidade legal do Museu. Visitantes que se recusam a deixar sua bagagem na área de armazenamento ou abrir-la para inspeção de segurança não serão admitidas;

* Tabagismo e o consumo de alimentos, chicletes, balas e bebidas são proibidos.

  Depois de cumprida todas as regras entramos no Museu e as primeiras que coisas que vimos foi:

Frase da entrada do Museu!!!


Esculturas em bronze criadas pelo artista plástico australiano Andrew Roger.

 O Museu é bem escuro e tem um som que remete aos acontecimentos da época, além de um ar condicionado super potente, tudo pra poder fazer com que o visitante "entre no clima".

 Nessa visita aprendi várias coisas e uma delas foi o acontecimento popularmente chamado de "Noite dos Cristais", que para muitos foi o marco do início do Holocausto. 

 A Noite de Cristal (alemão Reichskristallnacht ou simplesmente Kristallnacht) é o nome popularmente dado aos atos de violência que ocorreram na noite de 9 de novembro de 1938 em diversos locais da Alemanha e da Áustria. Tratou-se de pogroms, de destruição de sinagogas, de lojas, de habitações e de agressões contra as pessoas identificadas como judias.

 O nome Kristallnacht deriva dos cacos de vidro (vitrinas das lojas, vitrais das sinagogas, etc.) resultantes deste episódio de violência racista. 

Campanhas de mkt feita por Hitler e uma foto da Sinagoga destruída na "Noite dos Cristais"

Literatura proibida durante o período pré 2ª guerra e durante a 2ª guerra.

Fotos e documentos.

 O jogo Monopoly (“Banco Imobiliário”) foi produzido na oficina gráfica do gueto de Theresienstadt. Além de entreter as crianças separadas dos pais, o jogo de papelão “Ghetto” se destinava a fornecer-lhes informações sobre a vida e a sobrevivência no gueto, como uma reflexão sombria da realidade através de um recurso lúdico. Locais importantes foram colocados como as estações do jogo: a prisão, os quartéis, o forte, o armazém, a cozinha.

Monopoly!!!

 Um dos itens mais importante do acervo do Museu é um fragmento de Torah original que foi resgatado após a "Noite dos Cristais":


 Na minha opinião esse é o item mais "chocante" do Museu, essa é a réplica da boneca de Zofia Burowska. Quando a família de Zofia foi levada para os guetos eles resolveram deixar seus pertences com amigos não judeus em Cracóvia e depois da menina viver nos guetos de Wolbrum e Cracóvia, na Polônia e passar por vários campos de concentração, ela acabou libertada na Alemanha e recuperou a boneca.


 Os Justos entre as nações, esse foi o título concedido aos gentios que ajudaram os judeus a salvarem sua vida. Por esses telefones é possível ouvir suas histórias:



 Nesses "panos" pendurados consta o nome de muitos outros Justos Entre as Nações.


 E pra finalizar o Museu tem um painel com os principais genocídios do século XX.


 Essa foi a 1ª vez que fui a um Museu assim. Eu, particularmente, ADORO ler e saber novas histórias a respeito da 1ª e da 2ª guerra mundial. Por isso ADOREI o Museu e não vejo a hora de poder conhecer outros que tratam desse mesmo assunto... 

 Pra quem quiser mais informações do Museu o site deles é: http://www.museudoholocausto.org.br/

3 comentários:

Purple Witch disse...

Nossa Débora!!!! Adorei, também sou fascinada por história principalmente desta época, por isso fiz tanta questão de quando fui a Amsterdã de ir ao museu da Anne Frank. Parabéns pelo post, pena que ficarei pouco tempo em CTBA se não com certeza iria!!!

Bjks

More disse...

A visita foi muito boa mesmo. Ficamos 1h30 lá dentro e o tempo passou muito rápido.

Na disse...

Oi Deh!
Que post legal!!!
Acredita que eu estava hj mesmo lendo uma noticia da abertura desgte museu? (mas nao tinha a data q ele abriu!)

Super legal o post!
Eu estou vendo aquele documentário "Redescobrindo a 2a. Guerra Mundial" no National Geographic. Falta uns 4 episódios, mas o q Hitler fez com os judeus e de arrpeiar mesmo!!!

Bjs

Meu mundinho cor de rosa © 2008 | Coded by Randomness | Illustration by Wai | Design by betterinpink!