sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Acidentes acontecem...

Nossa com a mudança de trabalho mudou tudo na minha vida e o blog passou a ficar largadinho, mas prometo tentar reverter essa história (vou me empenhar bastante para isso).

Esse post era pra ser feito durante essa semana, mas como o assunto não é muito legal e a vontade de sentar em frente ao computador é pequena acabei postergando ao máximo que puder, mas de hj não podia passar...

Meu aniversário foi no dia 17/11 e como o More tinha prova na facu combinamos que comemoraríamos a data no sábado saindo pra jantar e foi isso o que fizemos.

No sábado (23/11) fomos ao Friday’s, somente nós dois e nos divertimos muitooooooo, comemos tudo o que tínhamos direito e depois fomos pra casa do More, porém o fim da nossa noite não foi da maneira que tínhamos combinado.

Estava garoando e o More foi atravessar um cruzamento da Juntas Provisórias, farol tinha acabado de ficar amarelo pra ele, porém um outro motorista (bem apressadinho) resolveu que poderia furar o farol e aí aconteceu o acidente...

O carro do More bateu frente (na lateral direita) na lateral direita do carro do cara, porém zuou bastante os dois carro, o carro do cara não saia do lugar, pq a lataria estava impedindo que o pneu rodasse, o carro do More embora estivesse ACABADO ainda andava, sendo assim tivemos que ficar em baixo do viaduto (as 11.10 da noite) esperando o guincho e a polícia para fazer o boletim de ocorrência.

O cara saiu bem estressado do carro dele e além de tudo fedia a cerveja, ele pediu pra gente esperar o pai dele chegar, pq o nome dele não estava no seguro e sendo assim ele não poderia estar dirigindo o carro e enquanto isso o More ligou pra polícia (pois o lugar onde estávamos era muito deserto), porém a polícia falou que não precisava ir até o local pq não havia vítimas e foi nessa hora que eu entrei em ação, liguei novamente pra polícia e como eu estava nervosa (gente eu tremia dos pés a cabeça e não conseguia falar direito de tão assustada que estava) eles resolveram que mandaria uma viatura pra ficar com agente, depois de alguns minutos chegou um carro do DSV e 03 viaturas da polícia...

Depois que polícia já estava com agente liguei pra irmã do More (os pais dele estavam viajando e somente ela sabia as coisa do seguro que eles têm), como uma amiga dela trabalha com seguros fez todos os trâmites burocráticos e acionou um guincho pra levar os carros embora.

Só depois de feito tudo isso é que eu liguei pra minha casa e foi apenas nessa hora que eu comecei a chorar, é impressionante todas as vezes que eu estou numa situação estressante eu consigo me segurar até o momento que falo com a minha mamis, depois disso não consigo mais e foi bem assim que aconteceu... Depois de falar com ela comecei a chorar e não parei mais e é lógico que ela acordou todo mundo lá em casa e foram todos pro local do acidente ver como nós estávamos... Logo depois que eles chegaram o guincho chegou e nós fomos todos embora...

Porém no outro dia ainda precisávamos contar tudo para os pais do Fê e confesso que essa foi a pior parte, a mãe dele ficou de boa, afinal ele não foi “o culpado” e além disso acidentes acontecem, porém o pai dele ficou PUTO e o que mais me irritou é que ele agiu como se a culpa fosse minha e em nenhum momento perguntou se eu estava bem, apenas quis saber do More e do carro...

Na verdade ninguém se machucou no acidente, apenas fiquei com o joelho roxo e por causa do estresse fiquei com as costas totalmente duras e por isso estou tomando um remedinho que esta ajudando bastante...

Agora temos que aguardar o carro ficar pronto e prestar mais atenção aos faróis...

4 comentários:

Bia Mendonça disse...

Oi Debora, deixei um prêmio para vc lá no meu blog!
bjos

Jane disse...

Nossa que chato... E mais chato ainda foi a atitude do seu sogro. Afinal como vc diz aí no título, acidentes acontecem...
Boa sorte pra vcs!

Bia Mendonça disse...

Hj eu vi ler melhor os posts!! da ultima vez tinha passado rapidinho!

E q bom q foi apenas um susto viu Debora! Graças a Deus q ninguem saio ferido!!

bjos

Leleka Barros disse...

Ai q coisa chata...
Eu tbém sou assim...fico forte,grito,brigo,faço o q tenho q fazer,mas depois q chega alguém eu desmonto...
q bom q não aconteceu nada mais grave...

Meu mundinho cor de rosa © 2008 | Coded by Randomness | Illustration by Wai | Design by betterinpink!