segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Usando Táxi e Uber em Buenos Aires!!!

 Como falei num post na semana passada (quem não leu está aqui e aqui) no final de novembro quando fui pros Estados Unidos passei 10 horas em Buenos Aires e como as bagagens estavam leves resolvi sair para almoçar (aproveitei que estava com o meu cunhado e ele já tinha ido pra lá e por isso já sabíamos onde queríamos comer)!!!

 Chegamos no Aeroporto Aeroparque, que fica na cidade e isso facilita o deslocamento!


 Como nós não ficaríamos muito tempo em Buenos Aires resolvemos não comprar pesos e usar o cartão de crédito ou dólares (quando fomos o câmbio era R$ 1.00 = 5.80 pesos).

 É importante dizer que no aeroporto tem wifi de graça e sem limite de tempo (podia ser assim em todos os aeroportos do mundo, né?).

 Assim que desembarcamos queríamos chamar um Uber, pois o pagamento seria no cartão e isso facilitaria muito nossa vida, porém não conseguimos já que o aplicativo só informava que não havia nenhum veículo próximo para atender nossa chamada, sendo assim tivemos que apelar para um táxi!!!



 Foi bem fácil pegar um táxi na porta do aeroporto, era um carro grande (um logan), mas como ele tinha o kit gás não conseguimos usar o porta malas e por isso tivemos que colocar 2 malas no nosso colo e 2 foram no banco da frente. O motorista era gente boa, mas ele não sabia onde ficava o restaurante que queríamos ir e também não tinha ou não queria usar um GPS e por isso teve que ligar pra central e eles explicaram +/- como chegar. O taxista não nos deixou no restaurante, mas sim próximo e conseguimos pagar com dólares (ainda bem que tínhamos dinheiro trocado, pois o troco seria em pesos).

 Na volta precisamos achar um lugar com wifi, pois teríamos que "atravessar" cidade as 17.00 para chegar no aeroporto de Ezeiza e queríamos pagar com o cartão de crédito, como não estávamos mais no aeroporto foi fácil chamar um Uber e demos a sorte de conseguir um carro grande (foi um prisma e por isso algumas malas foram no porta malas).


 O motorista foi super gente boa, também, conversei bastante com ele e ele me contou que o Uber não é legalizado em Buenos Aires e que essa legalização deve demorar para acontecer, pois o sindicato dos táxis é muito forte e, as vezes, consegue até bloquear os cartões de crédito dos argentinos para que o mesmo não seja utilizados com o Uber (absurdo né?!).

 Essa foi nosso percurso e o valor pago.




 Usando o câmbio de quando estávamos lá a viagem deu quase R$ 50.00, não achei caro.

 Gostei muito dos dois serviços, mas preferi usar o Uber por poder pagar com cartão de crédito e também por saber que o valor cobrado e o caminho eram honestos (não tem enrolação só porque sou turista e não conheço a cidade).

 E vocês já foram pra Buenos Aires? Que meio de transporte utilizaram?

2 comentários:

COISAS QUE SÓ ACONTECEM COMIGO disse...

Viu sempre digo Uber é vida e não digo só porque meu marido faz Uber mas é muito mais prático e transparente!!
E o taxista preferiu ficar perdido ao invés de ligar o GPS, ah não né tio...

Gessica Morais disse...

Ah que legal! Muito bom você compartilhar essa experiência!

Beijo
;)
Blog| Instagram| Canal no Youtube|


Meu mundinho cor de rosa © 2008 | Coded by Randomness | Illustration by Wai | Design by betterinpink!